Uso excessivo do celular: o vilão da coluna cervical

Médico do COP é o novo integrante do Conselho Editorial de revista científica internacional
5 de maio de 2022
Artrose no joelho: conheça os primeiros sintomas e tipos de tratamento
18 de maio de 2022
Uso excessivo do celular pode causar dor no pescoço

Uso excessivo do celular pode causar dor no pescoço

O uso excessivo do celular e demais dispositivos eletrônicos aumentou significativamente nos últimos dois anos por conta da pandemia.

A pesquisa “Tendências e Comportamentos Digitais 2021”, da Comscore, empresa especializada em medição de audiências online, mostrou que o tempo de uso do celular cresceu 23% em 2021.

O mesmo levantamento constatou que o número de pessoas conectadas a multiplataformas no Brasil aumentou 3% em relação a 2020.

Apesar de os dispositivos eletrônicos serem grandes aliados nas rotinas de trabalho e estudos à distância, o uso
excessivo pode desencadear problemas ortopédicos.

É o que alerta o Dr. Fabrício Ueno, especialista em Coluna do Centro Ortopédico Paulistano (COP).

As patologias ortopédicas, principalmente na região cervical da coluna, ocorrem devido à má postura.

A maioria das pessoas, quando estão em pé ou sentadas, usa o celular com a cabeça pra frente e o pescoço flexionado.

Quando estão deitadas, permanecem com o pescoço e a coluna torácica alta em posições inadequadas por longos períodos.

Para o médico do COP, a posição incorreta é a grande vilã do estresse muscular, das dores de cabeça, fadiga e espasmos musculares.

“Dores no pescoço, nos ombros e irradiadas para os braços, além de formigamento, também podem representar posicionamento inadequado da coluna”, acrescenta o especialista.

Como prevenir as dores na região cervical

Para prevenir os problemas ortopédicos decorrentes do uso do celular, a recomendação é aumentar o campo de visão, colocando o aparelho eletrônico numa mesa ou na altura dos olhos.

“Isso evita forçar a musculatura do pescoço”, comenta o Dr. Fabrício.

Outras recomendações são: um bom condicionamento físico e o uso ponderado do celular, com intervalos regulares.

“Fazer exercícios de postura, como o de retração cervical, também ajuda a melhorar os sintomas”, finaliza o ortopedista do COP.

Se você tem dores frequentes na região do pescoço ou coluna, consulte um especialista do Centro Ortopédico Paulistano.

Fonte: Comunica – Assessoria em Comunicação

//]]>