Saiba escolher a mochila escolar ideal para as crianças

Vai iniciar uma atividade física? Saiba os cuidados que deve tomar com os joelhos
14 de janeiro de 2020
Acidentes por mergulho passam a ser a segunda maior causa de lesões na coluna durante o verão
28 de janeiro de 2020

A maioria dos pais fica em dúvida na hora de escolher a mochila escolar para os filhos. O mercado oferece uma grande variedade de modelos e preços, além das opções de alças e de rodinhas.

Porém, independentemente do gosto da garotada e do modelo escolhido, um aspecto importante é o uso adequado da mochila para não prejudicar a postura da criança.

O Dr. Maurício de Moraes, do Centro Ortopédico Paulistano (COP), recomenda aos pais que orientem seus filhos a sempre utilizar as duas alças da mochila. “Além disso, o peso da bolsa não deve ultrapassar mais de 15% do peso corporal da criança”, aconselha.

Segundo o ortopedista, o uso simétrico do acessório, ou seja, nos dois ombros, evita a sobrecarga em apenas um lado do corpo.

Outra recomendação é que a criança leve apenas o material de uso diário. “Neste caso, os pais têm uma tarefa importante de verificar se a criançada está transportando material além do exigido diariamente pela escola”, comenta o médico do COP.

Os pais também devem ficar atentos quando optam pela mochila de rodinhas, que costumam ser mais pesadas do que a de alças. “Além disso, muitas escolas possuem apenas escadas para acesso às salas de aula, o que dificulta seu transporte por uma criança”, lembra o Dr. Maurício.

Apesar de as mochilas pesadas prejudicarem a coluna, o ortopedista do COP traz uma boa notícia: “A mochila escolar, dificilmente, provoca deformidades permanentes na coluna da criança”.

Se você tem dúvidas sobre problemas de coluna, entre em contato com os especialistas do COP.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Comunica – Assessoria em Comunicação

 

//]]>