Saiba como prevenir lesões nos joelhos durante a prática esportiva

Conheça os benefícios da Terapia por Ondas de Choque
23 de setembro de 2021
Como prevenir a lombalgia ou amenizar os sintomas da dor lombar
8 de outubro de 2021

Lutas marciais podem provocar lesões no joelho

As lesões nos joelhos são muito frequentes durante a prática esportiva devido à intensidade dos movimentos.

Além de sustentar todo o peso do corpo, essa articulação é responsável, por exemplo, em compensar a sobrecarga, absorver os impactos e dar flexibilidade aos membros inferiores.

De acordo com uma pesquisa da Universidade de São Paulo, o futebol é responsável por 55% dos casos, seguido pelas artes e lutas marciais, com 16% e pelo basquete, com 12%.

A musculação em academia e o tênis representam, respectivamente, 8% e 5% das lesões no joelho.

Entre as mais frequentes, estão por exemplo o rompimento do ligamento cruzado anterior (LCA) e o rompimento do ligamento cruzado posterior (LCP).

Outras complicações, como lesões no menisco e tendinite patelar, também são comuns nos consultórios médicos.

“As fraturas e lesões variam de acordo com a intensidade da atividade e do condicionamento físico”, comenta o Dr. Samuel Cho, especialista em Joelho do Centro Ortopédico Paulistano.

Como evitar lesões nos joelhos?

A resposta pode estar nos cuidados preventivos, ou seja, se por um lado, praticar esportes é seguro e recomendado, por outro, alguns cuidados são indispensáveis.

Por isso, as principais recomendações do Dr. Samuel Cho para evitar lesões nos joelhos são:

– ter o condicionamento físico adequado à frequência e à intensidade da atividade;

– fazer alongamento antes e depois dos exercícios;

– usar o tênis apropriado ao tipo de pisada (para saber mais, clique aqui).

O médico destaca que, mesmo quem já sofreu alguma lesão no joelho, pode e deve praticar exercícios físicos.

“Nesses casos, as atividades mais indicadas são aquelas de menor impacto, ou seja, natação, hidroginástica,  ciclismo, entre outras, que não fazem pressão direta nos joelhos”.

O ortopedista acrescenta que nenhuma dor ou dificuldade de movimento pode ser considerada normal. “Ao menor sinal de desconforto, inchaço ou dor, deve-se procurar um especialista para uma avaliação clínica”.

Para mais informações sobre lesões no joelho, tratamento e prevenção, agende uma consulta com um especialista do COP.

Fonte: Comunica – Assessoria em Comunicação 

//]]>