Joelheira: usar ou não durante a prática esportiva?

Fratura no ombro – saiba mais sobre as fraturas na clavícula
2 de julho de 2019
Problemas ortopédicos têm dores intensificadas no inverno
23 de julho de 2019

Lesões nos ligamentos do joelho são frequentes em pessoas que praticam atividades físicas. Por isso, uma dúvida bastante comum é sobre o uso preventivo de joelheiras.

Para muitos esportistas, o acessório poderia diminuir o risco de lesões sem perder a mobilidade.

Porém, o Dr. Samuel Cho, do Centro Ortopédico Paulistano (COP), pondera que a joelheira em atletas saudáveis não diminui o risco, principalmente de entorse ou overuse (impacto).

O especialista em joelho destaca que, se o paciente apresenta uma patologia e, após o diagnóstico, tem a recomendação da joelheira, não há problema em usá-la. “Porém, para quem não possui nenhum problema, o acessório não é recomendável”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O médico acrescenta que aqueles com lesões já existentes, como as ligamentares, devem escolher uma joelheira específica. “As órteses de reabilitação ou funcionais proporcionam maior estabilidade e proteção, evitando o agravamento da lesão”, explica o Dr. Samuel Cho.

Já casos de condromalácia, com sintomas intensificados, a joelheira ajuda na estabilização da patela e na diminuição da dor e do processo inflamatório. “No entanto, vale ressaltar que o fortalecimento muscular é a melhor forma de prevenção de lesões no joelho”, destaca o médico do COP.

Se você possui alguma dúvida, agende uma consulta com um especialista do COP.

Fonte: Comunica – Assessoria em Comunicação

//]]>