Dicas para evitar lesões no joelho durante o Carnaval

Acidentes por mergulho passam a ser a segunda maior causa de lesões na coluna durante o verão
28 de janeiro de 2020
Como se proteger do coronavírus?
26 de fevereiro de 2020

O Carnaval está chegando e muita gente vai curtir a folia nos desfiles ou bloquinhos de rua. Sambar, pular ou simplesmente ficar muito tempo em pé pode sobrecarregar os joelhos, principalmente, daqueles que não estão acostumados com esforço físico.

Para evitar as lesões mais comuns e dores, o Dr. Samuel Cho, especialista em joelho do Centro Ortopédico Paulistano (COP), preparou algumas dicas para os foliões. Confira:

– Escolha um calçado adequado: evite rasteirinhas ou sapatilhas mais duras. Opte por um tênis confortável e com amortecimento, que evita maiores impactos nos joelhos, inchaços, dores e derrames articulares por sobrecargas.

– Evite salto alto: esse tipo de calçado não oferece a estabilidade necessária para a folia e a probabilidade de causar uma entorse, ou seja, o estiramento ou ruptura de um ou mais ligamentos da articulação do tornozelo, é muito maior.

– Redobre a atenção: além do calçado adequado, os foliões devem ficar atentos para não escorregar em pisos escorregadios, se chover, ou tropeçar em buracos nas ruas e em paralelepípedos. Esse tipo de queda também aumenta os riscos de entorse no joelho.

– Respeite o seu limite: a chance de sobrecarga nos joelhos fica acentuada em quem não está acostumado com atividade física. Por isso, evite andar ou pular excessivamente e faça uma pausa quando necessário.

E por fim, em casos de dores, o médico do COP recomenda colocar gelo no local, tomar um analgésico e, se o problema persistir, procurar um especialista.

Fonte: Comunica – Assessoria em Comunicação

//]]>